CURSO

Objetivo do Curso

O objetivo do curso é apresentar e discutir os principais conceitos, fundamentos e operações unitárias envolvidas no processo de tratamento de esgotos domésticos e seus impactos no ambiente. Trata-se de uma oportunidade rara de ter contato direto com um dos maiores nomes da América Latina nesse tema, bem como desenvolver um valoroso networking com os presentes.g.

 

Público Alvo

Trata-se de um curso de nível básico recomendado para estudantes de nível universitário e profissionais que trabalham de forma direta ou indireta com projetos, obras e operação de sistemas de tratamento de esgotos domésticos e queiram se atualizar com os conceitos e fundamentos destes processos.

 

Local

Espaço Eventos Jacyra Sanches

Av. do Café 429 -  Vila Guarani – São Paulo

 

Data

25/07/2019 até 26/07/2019

 

Inscrições


Valor: R$ 1.050,00

PRÉ INSCREVA-SE

Parceiros:

 

 

 

 

 

 

 

 

Instrutores

Marcos Von Sperling

Doutor em Engenharia Ambiental pelo Imperial College de Londres. Professor Titular do Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental da UFMG. Consultor de empresas públicas e privadas. Autor de mais de 300 publicações em livros, capítulos de livros, periódicos e anais de congressos. Autor do livro-texto, que é a base deste curso.

 

 

Programação

Introdução:
Impurezas encontradas nas águas

Parâmetros e requisitos de qualidade da água

Poluição das águas e quantificação das cargas poluidoras

Características das águas residuárias:
Caracterização da quantidade de esgotos ( vazões )

Tipos de esgotamento sanitário

Vazão doméstica, de infiltração e industrial

Caracterização da qualidade dos esgotos / parâmetros das águas residuárias

Relações dimensionais entre carga e concentração

Características dos esgotos sanitários e dos efluentes industriais

Exemplo geral de quantificação de cargas poluidoras

Legislação ambiental e impacto do lançamento de efluentes nos corpos receptores:
Poluição por matéria orgânica e autodepuração dos cursos d’água

Aspectos ecológicos da autodepuração

Balanço do oxigênio dissolvido / cinética da desoxigenação e da reaeração / equações de mistura / curva de depleção do oxigênio dissolvido

Obtenção dos dados de entrada para o modelo / formas de controle da poluição por matéria orgânica

Cinética do decaimento bacteriano / controle da contaminação por organismos patogênicos

Eutrofização dos corpos d’água

Conceituação e problemas do fenômeno / níveis de trofia / dinâmica de lagos e reservatórios

 Nutriente limitante

 Estimativa da carga e concentração de fósforo no corpo d’água / controle da eutrofização

Padrões de qualidade para efluentes e corpos d’água

Padrões de lançamento e de qualidade do corpo receptor no Brasil

Padrões para balneabilidade

Diretrizes da Comunidade Europeia

Recomendações para o uso de efluentes tratados na irrigação

Padrões de lançamento e etapalização da qualidade

 Monitoramento e  divulgação dos resultados

Níveis, processos e sistemas de tratamento de esgotos:
 Níveis do tratamento dos esgotos

 Operações, processos e sistemas de tratamento de esgotos

 Tratamento preliminar, primário e secundário

 Lagoas de estabilização e suas variantes

 Disposição de efluentes no solo

Sistemas alagados construídos ( wetlands )

Tratamento anaeróbio

Sistemas de lodos ativados e variantes

Reatores aeróbios com biofilmes

Remoção de nutrientes e organismos patogênicos

Análise e seleção de processos de tratamento

Comparação entre os sistemas de tratamento de esgotos

Custos de implantação de sistemas de esgotamento sanitário 

Tratamento e disposição final do Iodo:
 Relações entre teores de sólidos, concentrações e vazão de lodo

Quantidade de lodo gerado nos processos de tratamento de esgotos

 Etapas do tratamento de lodo

Adensamento

Estabilização

Desaguamento

Higienização

Disposição final

Não perca!

$aeknfkwqkj

PRÉ INSCREVA-SE AGORA

Basta preencher o formulário abaixo

Preencha corretamente os campos marcados

Enviando...

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.